Jundiaqui
Jundiaqui

Jundiaí tem o maior ‘guarda-roupas’ do Brasil

Jundiaqui
17 de outubro de 2017
Dafiti lidera o e-commerce de moda do país e mantém aqui seu centro de distribuição

A Dafiti se firmou como a gigante da venda de moda online e com distribuição a partir de Jundiaí. Tem de babador que custa R$ 16,90 e até bermudas que passam dos mil reais.

Tem peças nas categorias feminino, masculino, infantil, casa, esportes, inspiração, outlet... O que você procura? Provavelmente vá encontrar no site da Dafiti, que ainda oferece uma ferramenta muito legal que permite que se teste virtualmente os produtos antes de comprá-los.

O "provador" tem um caráter lúdico, mas a realidade virtual influencia positivamente as decisões de compra. Sim, dá para se ver com um sapato, aquela bolsa, curtir ou não a roupa e assim por diante. A exceção é sentir o cheiro do perfume que o site também vende. Mas do jeito que a tecnologia avança nessa área que movimenta milhões, que ninguém ignore essa possibilidade em algum dia não muito distante...



Inicialmente um e-commerce de sapatos, logo a Dafiti passou a vender também roupas, acessórios e produtos de beleza, além de criar uma loja exclusiva para artigos esportivos e outra para o mercado de luxo. Entre as marcas mais buscadas, destaque para Calvin Klein Jeans, Cavalera, Colcci, Dumond, Ellus, Forum, M. Officer, Nike e Vans, para ficar somente em alguns exemplos, afinal traz opções de "A" até "V"- produtos que começam com w, x, y e z ainda não foram lançados ali.

Um diferencial da Dafiti é a aposta em inserir todos os funcionários no contexto do mundo fashion - com descontos nas compras e até direito a desfile interno, isso no escritório na Barra Funda, em São Paulo, com seus sete andares, e também aqui em Jundiaí, onde o centro de distribuição ocupa uma área de 38 mil metros quadrados e pode armazenar 10 milhões de produtos.

Segundo o site "Exame.com", a Dafiti trabalha com 100 mil tipos de itens diferentes e todos são checados e cadastrados por meio de um sistema de código de barras. Depois, uma amostra dos itens é encaminhada para os estúdios, onde são fotografados para o site - são 15 estúdios de fotografia no Centro de Distribuição da Dafiti e cerca de 1.000 itens ficam disponíveis no site de compras por dia. Luísa Melo, da "Exame.com", conta que a Dafiti trabalha com 20 transportadoras.

Assim, enquanto a economia brasileira segue instável, as vendas online mostram crescimento, muito por conta da Dafiti e de sua maior concorrente, a Netshoes - em setembro circularam rumores de que esta estaria tentando comprar a rival. Vêm novidades por aí?

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Com os escoteiros no Parque da Cidade

Grupos Curuqui, Serra do Japi e Primavera se reúnem e espalham o lema sempre alerta para servir

Quando o pouco é bastante

Pelo chef Manuel Alves Filho

Sesc traz miudezas e grandezas da cultura brasileira e portuguesa

Exposição “Perambular” apresenta semelhanças e diferenças separadas pelo Oceano Atlântico

O inteligente Palmeiras de 2020

Por Marcel Capretz
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.