Jundiaqui
Jundiaqui

Fernanda de Favre vai ser nome de escola em 2020

Jundiaqui
17 de dezembro de 2019
Emeb no Residencial Jundiaí vai homenagear a advogada e professora que morreu em 2018

A jundiaiense Fernanda de Favre era advogada e professora. Se formou em Direito na Unianchieta, onde também foi professora e coordenadora pedagógica, e se tornou mestre em Educação pela Universidade São Francisco. Faleceu de câncer aos 41 anos em 2018 e vai ser nome de escola prevista para ser entregue em fevereiro de 2020, a Escola Municipal de Educação Básica do Residencial Jundiaí.

A unidade atenderá 120 crianças, entre 0 a 3 anos, em período integral.

Pai e mãe de Fernanda, Clarisvaldo e Renata, se emocionaram com a notícia. “A Fernanda foi uma pessoa de sorriso fácil, e mesmo após as complicações da doença, nunca deixou de se preocupar com os alunos e suas aulas. É uma satisfação poder vê-la lembrada, além dos nossos corações”, comentou Clarisvaldo.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

O movimento é ‘loko’ na madrugada

Rua Marechal Deodoro da Fonseca, Centro, Jundiaí, 13.5.17, 1h00

Dia da maldade

Pelo chef Manuel Alves Filho

Festa da Uva tem cerveja, queijo, doces e outros produtos de Jundiaí

Sexta volta a agitação no Parque Comendador Antonio Carbonari,com entrada gratuita

Gilberto de Carvalho é Jundiaí em “Democracia em Vertigem”

Petista morou aqui nos anos 90 e aparece no documentário indicado ao Oscar 2020
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.