Jundiaqui
Jundiaqui

O footing e o cinema

Jundiaqui
15 de outubro de 2017
Por Vivaldo José Breternitz

A partir talvez dos anos 1920 - e até talvez os anos 1960 - paquerar (será que essa palavra ainda existe?) era sinônimo de caminhar pelas ruas e, claro, flertar (será que isso ainda existe?) quando possível - isso era chamado "footing".

O "footing", que vem do inglês 'ir a pé', acontecia principalmente nas cidades menores - as garotas colocavam suas melhores roupas e saíam para caminhar com um objetivo claro: serem observadas pelos rapazes, igualmente bem arrumados, que tinham como objetivo, observar as meninas...

Aqui em Jundiaí, isso acontecia aos sábados e domingos, principalmente na área próxima aos cinemas do centro, nas ruas Barão de Jundiaí e Rosário e na praça Governador Pedro de Toledo - a ideia era que as meninas caminhassem e os rapazes ficassem parados; inúmeros namoros e casamentos começaram no "footing".

Nos anos 1950, nossa Prefeitura interditava o trecho da Rua Barão entre a praça e a rua da Padroeira, local onde o "footing" era mais intenso.



Em 1958, o vereador Nelson Chacra pedia que a Prefeitura levantasse essa interdição nos dias chuvosos, quando não havia "footing", de forma a que automóveis pudessem recolher as pessoas que estivessem saindo da primeira sessão do Cine Ipiranga, que começava às 7 da noite e terminavam por volta das 21.

Além do Ipiranga, os outros cinemas de nossa cidade eram o Ideal, Polytheama, Marabá, República e Vitória - bons tempos...

Vivaldo José Breternitz, do blog Jundiahy Antiga
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Gianlucca grava segunda temporada de “Ilha de Ferro”

Ator jundiaiense faz o papel de Ramiro criança; gravações são no Rio

Como manter a boa forma durante o Inverno

A nutricionista Mariana Parra vem com dicas para você encarar bem essa temporada fria

Jundiaiense mostra que origami é muito mais do que dobrar papéis

Rita Foelker, que se dedica à arte há mais de quatro décadas, fala sobre os ensinamentos dessa tradição japonesa

Maxi Shopping Jundiaí recebe o Espaço Espírita

No período de 1º a 10 de junho, ocorre uma série de eventos simultâneos com conteúdo e informações sobre o Espiritismo
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.