Jundiaqui
Jundiaqui

Padre Paulo de Sá Gurgel, grande educador e ser humano

Jundiaqui
27 de agosto de 2018
Por Vivaldo José Breternitz, do blog Jundiahy Antiga

O Padre Paulo nasceu em 2 de outubro de 1920, em Ipaumirim, Ceará, filho de Octávio Gurgel e Maria das Dores de Sá Gurgel.

Chegou à nossa cidade em 1934, como aluno do Seminário Salvatoriano que funcionava aqui - os Salvatorianos chegaram a Jundiaí em 1922. Estudou muito, inclusive em Roma, onde cursou Direito Canônico e foi ordenado em 18 de março de 1946.

No final de 1952, voltou a Jundiaí, com a missão de fundar o então Ginásio Divino Salvador, que começou a funcionar em 1954 - a foto abaixo, do acervo do Prof. Maurício Ferreira/Sebo Jundiaí, mostra o prédio onde funcionavam o Ginásio e o Seminário em 1956.



Além de Diretor do Ginásio, Padre Paulo de Sá Gurgel ministrava aulas de Latim, Português e Religião; entusiasta dos esportes, trouxe professores de Educação Física, como o saudoso Prof. Daniel Hehl Cardoso, que trabalhava com os alunos do Ginásio e com os seminaristas, que estudavam no mesmo prédio da Rua General Carneiro, Vila Arens.

O Ginásio consolidou-se com a criação dos cursos Clássico e Científico, adotando a denominação atual de Colégio Divino Salvador.

Muito querido pelos alunos, sempre alegre, apaixonado pela fotografia, deixou um grande acervo que registrou a vida dos Salvatorianos em Jundiaí, Barbalha (no Ceará, onde os Salvatorianos atuam) e Roma, mantendo um laboratório fotográfico. Fluente em latim, espanhol, inglês, francês e alemão, escreveu para jornais e emissoras de rádio, além do livro "Impressões de Viagem".

Pilotando sua motocicleta, ia às capelas que estavam sob a responsabilidade dos Salvatorianos, onde celebrava missas e atendia aos fiéis. Dentre elas, aqui em Jundiaí, a Capela de Vila Rami, hoje o Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida.

Em 1962, foi transferido para o Ceará, onde os Salvatorianos tem uma presença muito forte, tendo exercido diversos cargos, entre os quais o de Diretor do Colégio Santo Antonio, em Barbalha, e o de Superior da Congregação.

Faleceu em Barbalha em 03.09.2009 onde era muito querido, a ponto de ter sido decretado ponto facultativo no dia de seu enterro (foto abaixo).

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Vai pagar IPTU em dez vezes? Então, imprima as parcelas você mesmo…

Prefeitura de Jundiaí economiza nas folhas do carnê. Vencimento é a partir de fevereiro

Dois jundiaienses do exército inglês morreram na 1ª Guerra Mundial

São os irmãos Paul e Leonard Hammond, nascidos aqui e abatidos na França

Dia 21 tem Orquestra Rock e Raimundos tocando pelo Grendacc

No aniversário do grupo em defesa do câncer, você pode ajudar se divertindo. Ou se deliciando com uma feijoada

Região de Jundiaí precisa de acordo ambiental metropolitano

Por José Arnaldo de Oliveira
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.