Jundiaqui
Jundiaqui

Revolução de 32: rádio transmissor apreendido e dono preso

Jundiaqui
25 de fevereiro de 2018
Por Vivaldo José Breternitz, do blog Jundiahy Antiga


A Electro Metallica era uma indústria mecânica de nossa cidade, fundada em 1913. Situava-se na Rua Barão de Jundiaí nº 1 - na atualidade é difícil conceber uma indústria desse tipo na principal rua de nossa cidade.


Seu proprietário envolveu-se em um episódio da Revolução de 1932: a Folha da Manhã de 23 de setembro daquele ano anunciava a apreensão de um aparelho radiotransmissor pertencente a Alberto Klovrza, filho do engenheiro José Klovrza, proprietário da empresa.  Em épocas de conflito, equipamentos como este são vistos como de uso de espiões, o que redundou na apreensão do rádio e prisão de Alberto.


Os combates terminaram em 2 de outubro, mas a manchete daquele jornal, 9 dias antes, eram francamente otimistas do ponto de vista dos revolucionários - mais uma vez, justifica-se o ditado: na guerra, a primeira vítima é a verdade...


Não temos informações acerca da evolução dos fatos, mas consta que em 1945 Alberto Klovrza, "de nacionalidade tcheca nascido na Alemanha em 12 de Abril de 1911", obteve a cidadania brasileira - constam como seus pais José Klovrza e Maria Olga Klovrza.


Nota da Redação: a foto mais ao alto é meramente ilustrativa.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

“Às favas com os escrúpulos”

Pelo Dr. Didi

Despedida de Duda Zilio ficou mesmo para o sábado

Corpo da Garota de Fibra vai ser enterrado no Cemitério do Desterro às 10h; velório no Centro é a partir das 19h desta sexta

Mobilidade: debate propõe limite de trânsito em 20 km/h

Por José Arnaldo de Oliveira

Nova Opção tem convites para a Feijoada dos Pais neste sábado

Loja de Rosana Camargo é ponto de vendas para a festa do dia 11 no Casa Cica
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.