Jundiaqui
Jundiaqui

LAR: a paz interior

Jundiaqui
1 de junho de 2019
Por Wagner Ligabó

Por mais que a vida lhe traga problemas, tristezas, preocupações, descontentamentos - raiva até -, existe o momento único, aquele que relembro a angústia e os deuses dos “Lusíadas” de Camões, e repito seu lendário epíteto: “cesse tudo que a antiga musa canta”!

É meu momento de paz, bálsamo que alivia a alma,  observando a tranquilidade e inspiração que o derredor de meu lar oferece. Pequenas coisas, lembranças singelas, grandiosas ao meu interior calejado.
Analgésico espiritual. Arco-íris pessoal onde em seu fim encontra-se o tão procurado pote de ouro que reza a fábula.

Por aqui em casa ficaria estático junto ao amor da minha musa e de nossas conquistas a dois, admirando detalhes singelos, porém de valor inestimável conseguidos ao longo do tempo, os quais comungamos em nossos entreolhares com sorrisos largos e sinceros. Vida leve.

Sem medo de errar afirmo: nosso sossego está ao alcance das nossas mãos a qualquer instante. Hora de vicejar nossas conquistas interiores em ambiente de paz!

Que nunca percamos a alegria de viver por insensibilidade. Olhe ao seu lado! Sempre haverá um bom motivo!

Deixe o mundo lá fora rodar!
Wagner Ligabó é médico cardiologista e vereador
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Você pode ajudar palhaça de Jundiaí a se apresentar no Uruguai

Daniela Biancardi e sua parceira foram selecionadas para encontro latino e fazem vaquinha para viajar

Orfandade não tem idade

Por José Renato Nalini

Seu voto pode ajudar a Jundiaí rural a ganhar o Prêmio Top Destinos

Votação é pela internet e a cidade concorre com Jacupiranga, Agudos e Registro

A máxima shakespeariana

Por Valquíria Malagoli
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.