Jundiaqui
Jundiaqui

Oficina Padovani te leva para 1952

Jundiaqui
3 de agosto de 2017
Visitar seu Antonio é fazer uma volta ao passado, com direito a muitas fotos e objetos que resistem ao tempo

Edu Cerioni

O nome Padovani está guardado na história automotiva de Jundiaí. Tertuliano ajudou a construir o primeiro carro elétrico do Brasil e a oficina que criou em 1952 resiste ao tempo sob o comando de seu sobrinho, Antonio Padovani.

Ele ganhou de herança a oficina e a mantém, embora em um prédio menor, na mesma rua Bartolomeu Lourenço, no Centro – antigamente conhecida como rua do Laticínio -, onde tem torno, freza e outros equipamentos sempre requisitados para consertos de peças para carros antigos ou fabricação de réplicas delas.

Fotos de décadas passadas e que mostram carros de corrida ou figuras com Tertuliano, o próprio Antonio menino e muitos outros mecânicos estão nas paredes, onde se vê pôster até do “Poderoso Chefão” ou outros filmes que são sucesso eterno.

Há um pouco de tudo que é antigo espalhado por bancadas ou prateleiras, como transformadores e ferramentas das mais diversas que poucos além de seu Antonio têm habilidade para usar hoje em dia.

Nosso convite é pra que você relembre antigas oficinas ou que descubra como elas eram lá atrás...

Fotos: Edu Cerioni
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Terça tem Festival Internacional de Curtas

É no Sesc e com entrada gratuita até a sexta-feira. Veja os filmes…

A música de nupcias espalha emoção

Orquestras dão show durante a Feira Noivas e Festas do Maxi Shopping

14min53s de escuridão e loucuras do Toninho do Diabo

Curta do jundiaiense pode ser visto no Youtube, com o nome em inglês e tudo

Ninho tucano mais triste sem Clóvis Galvão

Amigos se despedem do gestor de Administração e de Pessoal da Prefeitura de Jundiaí
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.