Jundiaqui
Jundiaqui

“Cine Memória” estreia com depoimento de Araken Martinho

Jundiaqui
11 de agosto de 2019
Arquiteto que projetou o Paço dá depoimento sobre Jundiaí nesta terça

Araken Martinho começou a trabalhar na profissão de arquiteto nos anos 1960 e um dos seus principais legados para a cidade foi o projeto do Paço Municipal, concluído em 1988. “O Paço foi uma coisa fenomenal. O desenho inicial era de dois prédios, juntamos em um só, todo interligado e com ótima ventilação”, conta, com uma ponta de orgulho.

Ele tem graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (1956) e ganhou destaque ainda como professor titular da Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Foi Diretor de Planejamento e projetou a Cidade Administrativa, em fase de implantação na vizinhança do próprio Paço. Tem 86 anos e muitos prêmios na arquitetura e belos trabalhos em desenho e pintura.



Araken é um dos cinco veteranos de Jundiaí que têm muito a ensinar estão reunidos no Mês do Patrimônio Histórico e Cultural 2019. Vão estar no "Cine Memória", com gravações feitas pela TV TEC, em exibição gratuita, sempre às 20h, na Sala Cult do Paineiras Shopping.

Ficou assim: dia 13 estreia com Araken Martinho, dia 14 é a vez do também arquiteto Antônio Panizza, dia 16 do ator e bailarino Jô Martin, dia 20 do jornalista Jayme Martins e, fechando a série, dia 21 de agosto do artista plástico Inos Corradin.

É na avenida Avenida 9 de Julho, 1.155, Parque do Colégio.

 

 

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Garotas Suecas vem a Jundiaí para agitar o Haules

Banda faz show no bar da Vila Arens nesta sexta, com ingresso a R$ 7

Releitura íntima

Por Valquíria Malagoli

Domingo tem almoço na Roseira pra ajudar a Casa do Caminho

O cardápio vem recheado de gostosuras e ainda haverá rifa para o quadro doado pelo Amigo Secreto do JundiAqui

Twin

Jundiaí se despede de Paulo Nasser nesta segunda-feira (14)
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.