Jundiaqui
Jundiaqui

Exclusivo: Gianlucca emplaca outro filme, “Lucicreide Vai pra Marte”

Jundiaqui
22 de novembro de 2017
O garoto de Jundiaí está em Pernambuco gravando ao lado de Fabiana Karla

Edu Cerioni

Gianlucca Mauad, o jundiaiense que é sucesso no cinema, emplaca mais um filme, desta vez ao lado da humorista Fabiana Karla. O garoto está já há um mês em Pernambuco, onde são feitas as gravações de "Lucicreide Vai pra Marte". Antes, foi o filho de Edir Macedo no longa “Nada a Perder” - é figurinha destacada em comerciais da TV também.

O ator de 7 anos foi escalado pela ZQUATRO Studio, Fox e Telecine para o longa que terá distribuição nacional pela Downtown Filmes ano que vem. A direção será do estreante Rodrido César, com produção executiva da própria Fabiana Karla, que a gente conhece do "Zorra Total", e de Tom Nogueira.

Gianlucca faz o papel de Tavinho e é quem vai ajudar Lucicreide a ir para Marte, fazendo sua inscrição como candidata a pisar no planeta vermelho - tá certo que ela queria ir para bem longe, mas não precisava tanto... Lucicreide é mãe de sete filhos que foi largada pelo marido e agora vive atormentada pela sogra.

O filme que vem sendo rodado em Pernambuco e terá gravações também nos EUA, conta com supervisão do astronauta brasileiro Marcos Pontes, natural de Bauru, que esteve em janeiro com o diretor Rodrigo César no Kennedy Space Center, no Cabo Canaveral.

Vai ter muito esfeito especial e satirizará alguns filmes com a temática do espaço, como "Star Wars", "Alien" e "Gravidade". Uma superprodução de R$ 16 milhões.

Luana Lima, a mãe do ator, conta que sua participação no filme só foi possível graças a um projeto da Escola Domus Sapiens, que desenvolveu um aplicativo e tudo que é passado na sala chega até ela, que vai repassando junto com Gian.

Ele está no segundo ano e a mãe orgulhosa diz que só tem notas 9 e 10. "Vejo muitas crianças talentosas tendo que parar com seus projetos por falta de apoio da escola, mas com a gente é diferente". Ela lembra: "Se ele não tiver boa nota, o Ministério da Educação não libera alvará para o trabalho no cinema".



 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

EXCLUSIVO / Clube Jundiaiense 75 Anos: um festão de tirar o chapéu

Um noitada para se deliciar com Alcione, uma das mais notórias sambistas do país

Um dia após vacina, só para variar, Inos foi trabalhar no seu ateliê

Pintor de 92 anos imunizado na segunda e não teve qualquer reação negativa

ACE Jundiaí comemora 97 anos de estímulo ao empresário

Ao longo dos anos, entidade ajudou a promover transformações na história da cidade, agora com Mark William na presidência

Inovação durante e pós pandemia é proposta de live de CDL e Sincomercio

Samuel Ferreira Júnior é o convidado a um bate-papo com empreendedores na noite desta quarta
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.