Jundiaqui
Jundiaqui

Feijão Maravilha

Jundiaqui
11 de janeiro de 2020
Pelo chef Manuel Alves Filho

Feijão tem gosto de festa. É melhor, e mal não faz.

Eita alimento valoroso. É nutritivo, saboroso e versátil.

Diz-se que este grão era cultivado no antigo Egito e na Grécia. Na história, fez as vezes de moeda e de símbolo da vida.

Acredita-se que o feijão tenha sido disseminado pelo mundo por causa das guerras, visto que fazia parte da dieta dos guerreiros em marcha, e também às grandes navegações, que contribuíram para levar o alimento para as regiões mais inóspitas do planeta.

Aqui, em Terras Brasilis, é um dos protagonistas do modo da nossa gente se alimentar.

Dada a importância do feijão, como prepará-lo sem alegria e compromisso? Então, regozijem-se, pois hoje tem feijão maravilha!

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Brasil In Conserto pronta para grandes obras

Banda escolheu a Fepasa e seus velhos trens como cenário para uma prévia de seu novo show

Comerciantes buscam acordo com colaboradores para negócio sobreviver

Sincomercio fala em redução de jornada e salários, entre outros itens para negociação com Sincomerciários

Jundiaí chega ao oitavo mês de combate ao novo coronavírus

Desde março a cidade contabiliza contaminados e óbitos da Covid-19

Vidas cruzadas

Os sentimentos, as buscas, as surpresas e os muitos obstáculos que invadem nossos relacionamentos permeiam este conto, diz Cláudia Bergamasco
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.