Jundiaqui
Jundiaqui

Festa Julina da Bem-Te-Vi é só alegria, mostra Thayná Bufalari

Jundiaqui
8 de julho de 2019
Jovem do grupo Bem-Te-Foto traz tudo o que rolou na tarde de sábado

Como é tradição, teve festa para encerrar o primeiro semestre no Centro de Atendimento à Síndrome de Down Bem-Te-Vi Jundiaí. Foi uma Festa Julina das mais animadas a deste sábado (6) e que você vê com exclusividade aqui. E de uma forma especial: as fotos são de Thayná Bufalari, que tem a síndrome de down - no alto um registro fantástico que fez de seus amigos Gustavo, Larissa e César.

Na foto acima feita pelo colega Gustavo, aparece Thayná com direito a bigode e cavanhaque pintados no rosto, 24 anos, que adora rock e motocicletas e é um dos 27 integrantes do grupo Bem-Te-Foto, projeto que os voluntários Abner Leandro e Edu Cerioni coordenam e que reúne jovens e adultos - de 23 a 54 anos - que têm síndrome de down e frequentam a Bem-Te-Vi.

Com um ano de projeto - aulas nas tardes de quinta-feira -, fica evidente que a qualidade das fotos do pessoal subiu de patamar. Confira aqui o que as lentes de Thayná captaram: Fotos: Thayná Bufalari

QUANTA ANIMAÇÃO - A Festa Julina contou com quadrilha concorrida que foi cantada pelo coreógrafo Carlinhos Faustini, que dá aulas de dança na Bem-Te-Vi, e show da Marvellous, banda de grande sucesso na cidade nos anos 60 e que animou a todos tocando rock'and'roll, clássicos da Jovem Guarda e canções tradicionais das festas típicas de junho/julho.

Aqui algumas fotos de Gustavo e de Edu:

FAZENDO O BEM - Cachorro quente, pipoca, bolo, cangica, salgadinhos, refrigerante, vinho quente e quentão... Quem ofereceu foi o pessoal da Loja Maçônica Amor e Concórdia, que arregaçou as mangas e trabalhou muito na véspera e no próprio sábado para preparar e servir delícias a todos.  E que recebeu como pagamento a visita de uma mãe e seu bebê que já é assistido da Bem-Te-Vi, um garotão que ganhou colo e devolveu sorrisos...
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Jundiaiense que trabalhou em “Democracia em Vertigem” diz que valeu a pena

Maria Clara Cervantes foi uma das responsáveis por captar os sons externos do documentário que concorreu ao Oscar 2020

Cantora portuguesa faz show em Jundiaí na quarta

Eugénia Melo e Castro vem para o lançamento do álbum “Mar Virtual”

Jundiaiense na Irlanda diz que quarentena deveria ser obrigatória também aqui

Alexandre Rossi, o Ferrinho, só pode sair de casa para ir ao mercado em Dublin

Estreias: contemplação de estrelas em parreirais e geleia de pera com vinho branco

A Festa da Uva traz detalhes novos que o visitante precisa circular para conhecer
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.