LOADING...

Jundiaqui

 E pensar que o crustoli nasceu sem querer
24 de maio de 2022

E pensar que o crustoli nasceu sem querer

Na Festa Italiana, a receita leva um pouco de pinga, este é o segredo da massinha deliciosa

A receita passa de geração para geração e o crustoli da Festa Italiana di Jundiaí volta a ser um grande sucesso neste 2022. É feito de trigo, ovo, açúcar e… pinga. Eis o segredo!

Esses quatro únicos ingredientes são misturados, sovados e cilindrados uma, duas e até três vezes. A massa, então, é cortada em tirinhas fininhas e pequenas para que seja frita em bastante óleo e ganhe cor e crocância. É rápido esse banho e na quentura de uns 180º graus.

Pelas mãos de cerca de 15 mulheres voluntárias, a maioria dedicando seu  trabalho e tempo à Igreja já há mais de duas décadas, em minutos os pacotes vão se enchendo de uma delícia que ainda ganha um toque de açúcar e de canela para se tornar a queridinha do café da tarde de maio e junho em Jundiaí.

“Eu dou risada sozinha ao lembrar que a receita do crustoli nasceu de um erro. É o que a gente ouvia das avós. Uma mulher foi fazer seu bolinho, errou, fritou a massa para não jogá-la fora e a família amou. Foi assim que ouvi e conto”, diz Claudete Araújo Rocha, 66 anos, a fritadeira oficial do crustoli da Festa Italiana. É a finalização de um processo que começa com sua irmã Maria Paraná, 68, que faz a mistura dos ingredientes.

Gostou? Tem venda todo sábado à noite e domingo no almoço na Festa Italiana, por R$ 20,00 o saco.

Fotos: Edu Cerioni

 

 

Prev Post

Até 12 de junho tem…

Next Post

Feijoada OAB chega em quase…

post-bars

Leave a Comment