Jundiaqui
Jundiaqui

156 recebe inúmeras denúncias ao dia de aglomerações ou idosos nas ruas

Jundiaqui
11 de abril de 2020
Ficar em casa é o melhor para tentar conter a pandemia do coronavírus em Jundiaí

A Prefeitura de Jundiaí promoveu na manhã deste sábado (11) uma nova vistoria em pontos suspeitos de gerar aglomerações pela cidade. Uniu Fiscalização do Comércio, Vigilância Sanitária e Guarda Municipal na visita a supermercados, hipermercados, concessionárias e estacionamentos que vendem carros.

O objetivo é checar se os estabelecimentos comerciais estão seguindo os protocolos sanitários, especialmente o distanciamento social recomendado durante o período de quarentena.

A preocupação em Jundiaí com o coronavírus cresce na medida que mais gente vem saindo de casa e indo às ruas, entre eles muitos idosos, público mais vulnerável ao ataque do vírus.

A situação vem dividindo a cidade e isso gera desconforto em quem faz a sua parte e se preocupa com a coletividade, apostando no isolamento social. Tanto é assim que o canal 156, o chamado "Disk-Coronavírus", vem recebendo uma média diária de 400 contatos, entre telefonemas e mensagens via chat, a maior parte de denúncias - outras demandas são dúvidas sobre os sintomas da Covid-19 e quais locais que o jundiaiense deve procurar em caso de suspeita de contaminação.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Doria condena ‘afrouxamento’ e marca para 11 de maio flexibilização do comércio

Sem citar Jundiaí, governador disse que “não é prudente, não é conveniente que nenhuma cidade rompa quarentena”

Os mortos da Covid não falam inglês

Pelo Dr. Didi

Jarinu é única na região que terá uma prefeita

Em Várzea Paulista deu Professor Rodolfo e em Itupeva, Marcão Marchi

Preço dos combustíveis recuam na cidade; postos mudam horários

Com menos gente nas ruas, consumo diminui e preços voltam ao patamar de novembro de 2019
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.