Jundiaqui
Jundiaqui

Fica triste não, Chico! Você ainda vai ganhar sua casa…

Jundiaqui
25 de junho de 2017
Associação Mata Ciliar precisa de ajuda para poder dar um espaço digno para essa oncinha cega

A campanha para a onça parda Chico arrecadou mais de R$ 12 mil até agora, mas a meta da Mata Ciliar é chegar aos R$ 70 mil e lhe dar uma "casa".

A maior parte do dinheiro (R$ 7,6 mil) foi conseguida com um arraiá no último fim de semana. Agora, a missão é conseguir mais doadores diretos - campanha que tem o apoio do JundiAqui.

É que Chico, acolhido pela ONG após ser atropelado por uma colheitadeira de cana, ficou cego e com traumas, por isso precisa de uma área maior e com muitos galhos onde ele pode brincar bastante, fortalecer a musculatura e desenvolver seu sistema neurológico.



O bichinho tem sete meses de vida e vem perdendo as pintas do corpo que o ajudam a se camuflar na natureza. Logo, estará completamente pardo. E, apesar das dificuldades, aprendeu a andar e viver ao ar livre pela Mata Ciliar, que comemora agora em 2017 seus 30 anos de fundação.

Chico chegou na Mata Ciliar, que fica na rua Emílio Antonon, 1.000, Chácara Aeroporto, em dezembro passado, junto com sua irmã Vicky, depois que sua família foi atropelada por uma colheitadeira de cana-de-açúcar na cidade de Tupã.



Vicky não teve graves ferimentos, mas Chico sofreu um profundo corte na cabeça ocasionado pela lâmina da colheitadeira o que lesionou seu cérebro e o deixou cego.

Para doar: faça depósito em qualquer valor no Banco do Brasil, Ag 2427-9, CC 107486-5, em nome da Associação Mata Ciliar - CNPJ 61056933/0001-95. Depois, envie seu comprovante e nome completo para o e-mail chico@mataciliar.org.br.

Participando, você pode fazer uma visita à Associação Mata Ciliar durante a semana ou aos sábados de manhã com um acompanhante, para conhecer o trabalho realizado ali e, especialmente, o Chico.



Para saber mais, acesse o site: http://mataciliar.org.br/mata/campanha-pelo-futuro-do-chico/.

Aqui, fotos do Arraiá do Chico:



Fotos: Divulgação

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Plastimodelismo Jundiaí: arte, história e criatividade em escala

Grupo capitaneado por seu Joel, de 78 anos, expõe seu hobby e ajuda o Grendacc

Coopercica inaugura 7ª loja e chega agora a Várzea Paulista

Rede amplia sua área de atuação regional às vésperas de completar 50 anos de história

O livro das memórias do Erazê

“Um Beijinho do Erazê” tem organização de Sumara Mesquita e levou 12 anos para ser publicado

Circo dos Sonhos é atração no Maxi Shopping

Estreia na noite de sexta (7) contou com a presença de Marcos Frota, criador do projeto
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.