Jundiaqui
Jundiaqui

Na 9 de Julho parecer ter mais gente caminhando agora do que antes da Covid-19

Jundiaqui
2 de abril de 2020
Avenida está movimentada na quarentema, até porque não há uma orientação clara sobre a questão por parte das autoridades


Edu Cerioni

Advogado leitor do JundiAqui enviou um vídeo que mostra uma grande movimentação de pessoas se exercitando na noite desta quarta-feira (1º) na avenida 9 de Julho. A filmagem é de um lado só da calçada, entre o Portobello Shop e o Beco Fino, cerca de um minuto e menos de um quilômetro, onde se vê homens e mulheres de diferentes idades caminhando ou andando de bicicleta, uns cruzando com os outros, alguns em grupo... "Lamentável, parece que tem até mais gente do que antes dessa pandemia", diz.

Jundiaí está em quarente por conta do coronavírus, a exemplo do Estado de São Paulo, o que na teoria deveria fazer com que todos ficassem em casa. Mas quem os vê como egoístas, no entanto, devem lembrar que o próprio ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, já disse na TV na segunda-feira  (30) que não havia problema em se fazer uma caminhada. E mais: o presidente Jair Bolsonaro discorda da comunidade científica sobre ser o isolamento social a melhor solução para conter o avanço do vírus.

O ideal seria que as pessoas fizessem exercícios dentro de suas casas ou no máximo no quarteirão de entorno. O risco de ter muita gente dividindo uma mesma avenida em caminhada, poderá criar pontos de aglomeração e se mostrar um ambiente propício para a propagação da doença. Por ser um momento de exceção, precisamos agir coletivamente.

Veja o vídeo no Facebook do JundiAqui
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Um plus qualitativo

Por José Renato Nalini

Mortes: histórias saltam do JundiAqui às páginas da “Folha de São Paulo”

João Carlos Lopes foi lembrado nesta segunda-feira. Antes, mostraram quem foi Picôco, Sônia Cintra, Marcelo Gragnani…

Festança

Por Vera Vaia

O plantador de sagu

Por Thaty Marcondes
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.