Jundiaqui
Jundiaqui

Prefeitura define Banco do Brasil para cobrar multas, mas adia uso de radares

Jundiaqui
30 de março de 2020
Os equipamentos deveriam sair da fase de testes para entrar em funcionamento normal neste 1º de abril

Instalados desde janeiro passado, radares de Jundiaí não têm mais previsão para que entrem em funcionamento e passem a flagrar infratores.

Deveriam fazer isso a partir desta quarta-feira, 1º de abril, mas o coronavírus adiou os planos por tempo indeterminado. De certo, a Prefeitura divulgou que o Banco do Brasil está habilitado a receber as multas de trânsito quando eles passarem a valer.

Em março, multas vinham sendo enviadas aos motoristas "de forma educativa", o que deve continuar a acontecer para quem ultrapassar a velocidade ou avançar o sinal vermelho em pontos das avenidas Antônio Frederico Ozanan, União dos Ferroviários, Antônio Segre, Prefeito Luiz Latorre, 9 de Julho.

Mais radares e lombadas eletrônicas, totalizando 58, deveriam ser instalados até maio para monitoramento de 121 faixas de tráfego, o que não irá acontecer por enquanto.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Nando Reis vem com voz e violão para embalar nosso Natal

Show intimista traz as canções tal qual vieram ao mundo. Ingressos partem de R$ 140,00

Di Fiori lança coleção outono/inverno dos óculos de sol

São 15 novos modelos que se somam a uma grande coleção exclusiva da marca

Nova geração de carros mais seguros tem peças feitas em Jundiaí e região

Eles vão ser menos poluentes e mais econômicos também; é claro que os preços irão subir de patamar

DIA DA MULHER \ Jundiaiense volta a narrar jogo de futebol na TV

Luciana Mariano fez história em 1990 como pioneira na TV Band
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.