Jundiaqui
Jundiaqui

Transformação do São Vicente começa pelos 13 quartos das mulheres

Jundiaqui
25 de junho de 2019
Prédio de 117 anos do hospital ganhará vida nova com proposta inovadora de doação da iniciativa privada a partir de R$ 3 mil

As obras para a revitalização dos quartos do Hospital São Vicente de Paulo pelo projeto “Acolha um Quarto, Conforte Vidas” foram iniciadas nesta terça-feira (25).

A proposta, lançada em março pelo prefeito Luiz Fernando Machado, visa reformar os 72 quartos e banheiros do hospital por meio da doação de dinheiro por parte de empresas e pessoas físicas.

"A Prefeitura de Jundiaí custeia quase 80% do valor necessário para o funcionamento do HSV, com quase R$ 200 milhões/ano. O projeto com a parceria da iniciativa privada é uma forma de retribuir o serviço prestado por um hospital com 117 anos", diz Luiz Fernando.

A ala da Clínica Médica Feminina, que tem 13 quartos, foi escolhida para dar início ao processo de revitalização. “São 24 leitos que recebem cerca de 100 pacientes por mês e no qual o tempo de internação dura, em média, seis dias”, conta Matheus Gomes, superintendente do HSV.

Gomes explica que para a realização das obras no setor, as pacientes foram remanejadas para outras acomodações do hospital, sem que isso interfira na assistência prestada. A equipe de enfermagem também foi redistribuída temporariamente. A previsão é de que a revitalização no setor demore 45 dias.

Em cada uma das unidades serão realizadas melhorias na infraestrutura elétrica e hidráulica, troca de portas e janelas, revestimento e pintura nas paredes, substituição de pisos e azulejos, troca de forro por gesso. A mobília será nova, incluindo o kit leito, com cama elétrica, régua multifuncional, poltrona de acompanhante, divisória de leitos e bandeja de refeição. Todos os quartos contarão com aparelho de televisão, cortinas, iluminação individual e ar-condicionado. Os banheiros terão louças e acessórios adaptados com design moderno, propiciando maior segurança.

Os quartos serão padronizados conforme projeto doado por 10 arquitetas que fazem parte do grupo “Um Tijolo por Dia”. Contarão com painéis em madeira, tons neutros que se misturam com um azul batizado de “azul São Vicente”, cortinas e adesivo especialmente desenvolvido em formato de árvore, que simboliza a vida.

Após a conclusão da revitalização na Clínica Médica Feminina, as obras devem avançar seguindo a seguinte ordem: Ortopedia, Clínica Médica Masculina, Clínica Cirúrgica 2, Clínica Mista e Clínica Cirúrgica 1.

Além da doação do projeto arquitetônico, a iniciativa conta com parceiros institucionais como a Roca, Duratex, Deca e Astra, que aderiram à ação com doações expressivas em produtos.

Como participar?

Pessoas físicas, grupos e empresas têm a possibilidade de adotar um quarto ou participar com cotas, com direito à divulgação da marca e nome podendo também informar externamente a sua participação social. As doações podem ser feitas diretamente numa conta do HSV vinculada ao projeto. Importante ressaltar que há uma comissão que acompanha a transparência a prestação de contas da iniciativa. Todas as informações podem ser consultadas no regulamento ou pelo telefone (11)4583-8181. A cota parte de R$ 3 mil.

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Jundiaiense volta para a prisão na Ucrânia

Rafael Marques Lusvarghi foi pego em um convento e exibido como troféu nas ruas

Prato Feito a la Rock’n’roll

Pelo chef Manuel Alves Filho, o Manu

Vai pagar IPTU em dez vezes? Então, imprima as parcelas você mesmo…

Prefeitura de Jundiaí economiza nas folhas do carnê. Vencimento é a partir de fevereiro

Exibidinho

Pelo chef Manuel Alves Filho
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.