Jundiaqui
Jundiaqui

De volta aos anos 70

Jundiaqui
15 de outubro de 2020
Pelo Dr. Didi

Rádio de pilha colado aos ouvidos, o general Emílio Garrastazu Médici, gostava de acompanhar das arquibancadas o desenrolar dos jogos do seu Grêmio e da Seleção.

Era um apaixonado pelo futebol - ou fazia tipo - "Cria cuervos".

A Seleção de setenta, antes,  dirigida por João Saldanha tem histórias para contar.

Rezam as lendas que Saldanha não quis convocar Dario - o Rei Dadá, com a frase a ele atribuída - "na minha seleção convoco eu e ele convoca o seu ministério".

Zagallo assumiu em seu lugar e Dario foi para o México.

Futebol e política sempre se misturam - infelizmente.

Brasil x Peru não foi visto pela grande maioria do povo brasileiro, eu inclusive, pois o mando de transmissão era dos peruanos e a Rede Globo  não quis pagar. Sabe-se...

Para agradar o presidente Bolsonaro, Fabio Wajngarten, secretário da pasta das Comunicações, interpelou a sempre solícita CBF para que a transmissão fosse feita com sinal aberto para a TV Brasil.

E não é que conseguiu?!

E ai voltamos aos anos 70 com loas ao presidente.

É possível que tenhamos que ouvir de novo Dom e Ravel com "Eu te amo meu Brasil"...

Eu também amo.

A playlist ficou mais pobre com a ida de JOSÉ EDUARDO HOMEM DE MELLO, o mestre ZUZA para estúdios celestiais.
​​​​​​​
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Nada de “inho”

Pelo chef Manuel Alves Filho

No Arraiá do La Bella Arte é só alegria

Escola de dança mantém a tradição de festejar o fim do primeiro semestre com um bela festa

Mosquito transgênico coloca biologia sintética na região

  Por José Arnaldo de Oliveira

Sem educação, não há salvação

Por José Renato Nalini
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.