Jundiaqui
Jundiaqui

Que assim seja

Jundiaqui
5 de junho de 2018
Por Wagner Ligabó

Ao ver o meio-fim desta “Revolta dos Caminhoneiros”, onde se teve e se viu um pouco de tudo - desde legitimidade patriótica até picaretagem de quinta categoria - fico apreensivo com o que pode vir por aí.

O que mais me preocupa é que nesta sinuca em que meteram o Brasil através da política - e aí a culpa é de todos nós que, há muito tempo, escolhemos mal quem nos representa- a única saída possível será, infelizmente, somente através desta mesma política que tanto criticamos. Só por esta via poderemos encontrar um novo rumo ao país. Dura realidade.

Mas quem serão esses nossos homens a realizar esta nobre missão? A palavra mais em moda no “ politiquês” é uma só: renovação! Será?

Leio, ouço e assisto muito, olho e ando por aí, e o que sinto são os mesmos resquícios de um discurso antigo. No fim o que importa não é o povo e sim o voto deste povo.

É tanta gente despreparada, tanta gente tendenciosa, tanta gente esperta, tanta gente vazia em objetividade, tanta gente que só trocou a cor do terno, tanta gente com aura de santo e no fundo é do pau-oco, que não anima qualquer lúcido eleitor. E se expresso essa minha opinião sou eu o herege, o inconveniente. Sou o pária, segundo alguns críticos, aquele que pensa que tem razão em tudo e na verdade nada entende. Não serve ao “ modus operandi” da conveniência e da convivência política. E tem mais dizem: fala o que fala porque quer ser candidato também. Ao ver gente falando assim sabe que dá vontade mesmo! E de ganhar de lavada! Deixo pra lá.

Então, cada vez mais, resumo-me à minha introspecção ao invés de gastar saliva à toa, pois são muitos ouvidos moucos às obviedades que nos rodeiam. Vive-se de muita fantasia e faz de conta!

Que hoje, alicerçados na fé em um Deus vivo e verdadeiro , que se possa acreditar que milagres acontecerão advindos da irmandade entre as pessoas de bem que acreditam em dias melhores.

Será a democrática eucaristia: a da comunhão de um povo esclarecido. Que assim seja, pois ainda acredito ser Deus brasileiro.

Wagner Ligabó é medico cardiologista e vereador

Jundiaqui
Você vai
gostar de

JundiAqui fecha mês de aniversário com Halloween no Koh Samui

É na terça-feira, noite do dia 31, com gostosuras no cardápio, DJ, muita fantasia e travessuras

Vem aí a quarentena a partir de terça e até 7 de abril pelo menos

Decisão de ‘fechar’ as pessoas dentro de casa é do governador; delivery segue para restaurantes, pizzarias e padarias

2017 de Jundiaí fica marcado pelo brilho de Bianca Bin na TV

Como Clara em “O Outro Lado do Paraíso”, ela vai trilhando o mesmo caminho de sucesso de Eloísa Mafalda

Falar x Fazer

Por Valquíria Malagoli
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.