Jundiaqui
Jundiaqui

sonhou

Jundiaqui
17 de fevereiro de 2018
por José Renato Forner

sonhou:

era um menino franzino. sem camisa - descalço e sujo - caminhava por entre pedras irregulares.

naqueles dias sem graça, onde as pedras queimam seus pés mais que o habitual e as nuvens não desenham mais que precipícios. era uma trajetória escura, de maldizeres, de fracasso, diriam alguns.

aquele caminho observado atentamente por olhos e bocas nascentes de um vazio. só na espera da desgraça da queda para confirmar: eu sabia.

no meio do caminho, uma voz: EI, PARA ONDE VAI?

(o menino pensou que estava delirando. ser a voz fruto da imaginação)

PARA ONDE VAI?

vou seguir

PARA ONDE?

não tenho controle sobre os meus passos. já tentei isso, mas parece que não tenho controle

ENTÃO ESTÁ NO CAMINHO CERTO.

ESQUEÇA AS PESSOAS. QUASE TODAS.

E QUANDO ESTIVER SEM FÉ. PEÇA FÉ PARA TER FÉ

CONTINUE

AVANTE

E ESQUEÇA PROFECIAS DE MEDOS.

José Renato Forner é ator

 
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Bispo prepara padres para Semana Santa sem fiéis nas Igrejas de Jundiaí

Em novo decreto, sequer concelebração por região pastoral será permitida

Dia da maldade

Pelo chef Manuel Alves Filho

Os dois Boeings 747

Por Wagner Ligabó

Festa Junina da Di Fiori é com sorteios e no clima de Copa

Viviane Di Fiori comanda tarde animada na ótica da Chácara Urbana
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.