Jundiaqui
Jundiaqui

Triste é o luto sem corpo!

Jundiaqui
28 de janeiro de 2019
Por Douglas Mondo

A sirene muda, não anunciará o novo mar de lama - ela odeia humanos. Centenas de mortos que jamais serão encontrados. Serão apenas parte da nova paisagem!

Serão lembranças que ficarão na dor e na memória de seus familiares. Triste é o luto sem corpo!

E o descaso de quem explora e de quem tem a responsabilidade de fiscalizar continuará, até a próxima destruição.


Minas Gerais tem mais de 400 barragens sem qualquer fiscalização. Com poderes de destruição que o tempo levará ao encontro das fatalidades.

E o Estado tem só 20 fiscais. É a piada macabra! É a tragédia anunciada!

A punição será financeira, haverá recursos, diminuições, embargos etc, etc, etc. Sem pagamento!

E o Futuro encontrará no solo endurecido, o passado da ignorância e do descaso!

Douglas Mondo é advogado

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Leões da Hortolândia leva samba e alegria ao Caxambu

JundiAqui traz o ensaio da escola de samba, que vai homenagear a imprensa este ano

Retratos de glória da turma da (bola) pesada

Guaraci Alvarenga

O bom uso das redes sociais

Por Dom Vicente Costa

DIA DA MULHER \ Carla Candiotto é arte pulsante nos palcos

Jundiaiense é atriz, diretora, autora e produtora teatral com a Cia. Le Plat du Jour
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.