Jundiaqui
Jundiaqui

Bolinhos de mel

Jundiaqui
14 de setembro de 2018
Pelo chef Paulo de Luna

Ingredientes para 10 pessoas:

Para o bolinho

300 g de farinha de trigo

60 ml de suco de laranja

60 ml de óleo (milho ou soja)

3 ovos

1 colher (sopa) de casca de laranja ralada

1 colher (chá) de fermento em pó

Farinha adicional para estender a massa

Óleo para a fritura

Para a calda

1 ¹/4 de litros de água fria

275 g de açúcar

80 ml de mel

2 colheres (sopa) de suco de limão

1 colher (sopa) de casca de laranja ralada

Preparo:

Em uma tigela grande, junto os ovos, o suco de laranja e o óleo. Misture tudo. Acrescente a casca de laranja e o açúcar e continue batendo até ficar bem homogêneo. Acrescente a farinha e o fermento e continue mexendo até ficar uma mistura pegajosa. Cubra e reserve por 1 hora.

Enquanto isso, prepare a calda. Misture a água, o suco de limão e o açúcar. Depois de ferver, baixe o fogo e deixe cozinhar por 5 minutos. A seguir adicione o mel e a casca de laranja e deixe no fogo por mais 5 minutos. Reserve aquecida.

Prepare uma superfície com farinha, pegue a massa e acrescente farinha o suficiente para não mais grudar nas mãos. Abra a massa com um rolo até ficar numa espessura de cerca de 5 milímetros. Use um corta-bolachas redondo de 2 cm de diâmetro. Aqueça o óleo a 170º e frite-os aos poucos até ficarem dourados. Retire e escorra-os em papel absorvente.

A seguir passe os bolinhos pela calda até que eles a absorvam bem. Coloque os bolinhos em um recipiente e sirva em seguida.

Meu toque...

Esses bolinhos também são ótimos para acompanhar o café no final de uma refeição.

Paulo de Luna é médico e chef de cozinha
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Rotary Club Serra do Japy festeja seus 10 anos de atuação

Festa foi comandada pela presidente Jussania Lamarca no Quality Hotel

Sertanejo Acústico no Happy Hour do Maxi

Terça-feira tem show gratuito de Santa Fé no shopping, a partir das 19 horas

Jundiaiense criou o primeiro carro elétrico do Brasil

Mecânico da cidade foi o criador da máquina que chegou a circular pelo Rio de Janeiro nos anos 60

Sorte da Copa da Rússia. Ele vai…

Por Nivaldo Mosele
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.