Jundiaqui
Jundiaqui

Hélio Maffia: há 50 anos, Jundiaí tinha um campeão Paulista

Jundiaqui
30 de janeiro de 2020
Ele ajudou a revolucionar a preparação física no futebol brasileiro

Aos 87 anos, Hélio José Maffia mantém a forma dos tempos em que foi um grande esportista. É visto sempre circulando pelo Tênis Clube Jundiaí, onde coleciona amigos e até lançou seu livro e que tem o filho João na presidência. Os veteranos o conhecem como "professor", um revolucionário do futebol.

Maffia praticou várias modalidades na adolescência e juventude, destacando-se no vôlei da Associação Esportiva Jundiaiense, tendo defendido a Seleção de São Paulo. Formou-se em educação física e foi diretor depois da Esef, que ajudou a criar.

No futebol, foi preparador físico do Paulista de Jundiaí entre 1966 e 1968, quando o clube conquistou o acesso à elite estadual. Trabalhou no São Paulo entre 1969 e 1971, quando esta equipe foi bicampeã paulista, o primeiro título em 1970, portanto há meio-século.

Maffia marcou época, ao lado do técnico Oswaldo Brandão, na segunda academia do Palmeiras. Foi bicampeão Brasileiro em 1972 e 1973, do Paulistão de 1972, 1974 e 1976 e até internacional, o Troféu Ramón de Carranza de 1974 e 1975.

Com o mesmo Bradão serviu a Seleção Brasileira, com os títulos em 1976 do Torneio Bicentenário dos EUA e da Taça do Atlântico.

Em sua passagem pelo Guarani, entre 1978 e 1980, o clube também foi campeão Brasileiro. Mas foi no Corinthians que sua trajetória foi marcada por títulos, os do Campeonato Paulista de 1982 e 1983. e ainda mais forte pela participação no histórico movimento da Democracia Corintiana.

Ele ainda foi supervisor de futebol e até treinador - como interino, dirigiu o Corinthians por 19 jogos.

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Transeuntes faz música das poesias de Valquíria Malagoli

Sérgio Alexandre, Maurício Zucarelli e Juliano Pastro estão juntos nessa novidade sonora jundiaiense

Nova indústria de Jundiaí, a Sandvik Coromant, já foi parar no “Guinness”

Após mais de 60 anos de atividades na Capital, empresa traz sua sede e seu centro de treinamentos para cá

Halloween no Koh Samui: de arrepiar em todos os aspectos

O pessoal caprichou muito na maquiagem e na fantasia para uma noitada de bruxas, bruxos e som fantástico

Covid-19: fisiculturista de Jundiaí deixa UTI e avisa que é “pra ficar em casa”

Ele usou o Facebook para contar sua história e alerta que todo cuidado é pouco
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.