Jundiaqui
Jundiaqui

Avião apreendido em Jundiaí vai transportar vacina no Pará

Jundiaqui
9 de setembro de 2021
Pilatus PC-12 tem capacidade para dois tripulantes e até oito passageiros, com valor de R$ 16 milhões

Uma aeronave turboélice, monomotor, que foi apreendida em Jundiaí, agora está no Pará e será usada pelo Grupamento Aéreo de Segurança Pública, que realiza ações policiais e, desde o ano passado, também atua no combate à pandemia de Covid-19. Desde o início deste ano, o Graesp já fez duas mil horas de voo.

O novo avião Pilatus PC-12 foi apreendido aqui e tem capacidade para dois tripulantes e até oito passageiros, com valor aproximado de R$ 16 milhões. A aeronave, que está em trâmite final de transferência, servirá no  transporte de vacinas, medicamentos e, se necessário, pacientes.

O avião foi apreendido em outubro de 2019 no aeroporto de Jundiaí, em operação da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes), junto com outros seis e um helicóptero usados no tráfico internacional de drogas. Estavam aqui e nas cidades de Americana, Bigrigui e Sorocaba.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Coronavírus faz com que aprovação seja automática nas escolas estaduais

Governo de São Paulo decide que todos que fizeram alguma atividade escolar vão passar de ano

Pichadores continuam a desafiar a lei. Agora foi no monumento de Inos

Uma da bolas coloridas que formam a obra do mestre ítalo-jundiaiense em frente ao Parque da Uva foi pichada

Corrida entre parreirais ainda tem vaga para adultos

  Sábado e domingo plantações do Traviú vão servir de cenário para atletas

502 ÓBITOS – 89% têm algum tipo de comorbidade entre mortos pela Covid-19 na cidade

Apenas 56 dos falecimentos foram de pessoas sem comorbidades registradas na internação
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.