Jundiaqui
Jundiaqui

“Espalha” vai apoiar com dinheiro ações culturais na periferia da cidade

Jundiaqui
30 de abril de 2021
Primeiro Edital de Cultura para as Juventudes de Jundiaí será coletivo

O "Espalha" é novidade em tempos de pandemia em Jundiaí. Voltado para jovens e coletivos das periferias, quer apoiar financeiramente os artistas que ficam afastados dos palcos da cidade por diferentes razões e por conta da burocracia.

A ideia é incentivar a juventude que produz arte para que comece a se profissionalizar. E esse apoio virá de muitos doadores: quem organiza o "Espalha" é o Coletivo Cultura Jundiahy, a Tomada Cultural e o Movimento Cardume, e os recursos são fruto de um financiamento coletivo que segue aberto até o final de maio.

"O contato com a cultura pode exercer um papel transformador. O impacto econômico que a arte e a cultura proporcionam é grande e movimenta uma cadeia produtiva enorme, influenciando o cenário social e econômico dos locais onde está presente", explica Henrique Parra Parra Filho, um dos organizadores.

Segundo os movimentos, em Jundiaí falta incentivo para a produção e boa parte da população encontra dificuldades para acessar equipamentos culturais (cinemas, museus, teatros, bibliotecas, galerias, centro culturais, entre outros), seja porque são muito distantes, seja porque não se sentem pertencentes a esses espaços.

Com o dinheiro arrecadado, o projeto quer permitir que um maior número de pessoas de regiões periféricas possa entrar em contato com artistas jovens, coletivos e agentes culturais.

Todos os envolvidos trabalham voluntariamente para viabilizar o "Espalha", que já doma mais de R$ 10 mil em contribuição.

O passo seguinte será o de apresentar um projeto de iniciativa popular para transformar essa ideia em lei, inspirado na VAI de São Paulo.

Veja mais
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Atores vêm chegando para o Festeju

Festival de Teatro prossegue neste fim de semana com apresentações gratuitas

Os Imperdoáveis

Dr. Didi mostra que o “temerário”, antes tíbio, agora partiu para luta em campo aberto para livrar a si e os seus

Bloco do Santa fez a festa, mesmo sem poder ir às ruas

Garotada se fantasiou e curtiu uma tarde de Carnaval dentro do próprio colégio

Uva simboliza cidade sustentável em Jundiaí, diz Alvarez

Para o principal coordenador da Festa da Uva poucas cidades desse porte conseguiram esse equilíbrio O principal coordenador da Festa da Uva, Eduardo [ ... ]
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.