Jundiaqui
Jundiaqui

Os mortos da Covid não falam inglês

Jundiaqui
8 de junho de 2020
Pelo Dr. Didi

Não deu tempo para os mortos da COVID aprenderem inglês.

Mortos não falam.

Corpos falam. Sempre, na medicina forense.

Mas, não falam inglês.

Ou outra língua qualquer.

Não falam mais. A não ser na lembrança de quem os perdeu.

Recontar mortos para que eles digam do que morreram!!!

Será que morreram?

Ou são caixões vazios?

Já surgiu essa possibilidade.

Teve quem foi averiguar...

Morreram! Sem poder respirar.

Como George Floyd.

"I can not breath", implorou Floyd para os crápulas que o mataram.

"Eu não consigo mais respirar" dizem as vítimas da COVID.

Até!

Diógenes Augusto Archanjo da Silva, o Dr. Didi, é médico ortopedista
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Jundiaí em quarentena fotografada do alto: uma cidade como você nunca viu

Cleber de Almeida traz dez imagens que mostram a terça-feira em que quase ninguém saiu de casa na cidade toda

Festa literária volta a partir do dia 8

Nesta edição serão homenageadas as escritoras Júlia Heimann e, in memorian, Mariazinha Congílio

Mulher das Rosas espalha romantismo pela noite jundiaiense

Há 12 anos, Tânia Santos vende flores em bares e durante bailes de diferentes clubes

Idosos na pandemia

Por Lucinha Andrade Gomes
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.