Jundiaqui
Jundiaqui

Planejar o ano

Jundiaqui
10 de janeiro de 2019
Por Kelly Galbieri

2019 começou! E com ele nossas promessas e nossas programações para que, claro, este ano seja um ano melhor que os outros.

Acho que todo mundo tem em mente mais ou menos assim: “este ano...vou dar um jeitinho de encontrar mais vezes minhas amigas”, “este ano...vou cuidar mais da minha saúde”, “este ano...vou passar mais tempo com minha família”.

Coloco até reticências depois do “este ano” porque me vejo falando arrastado, já pensando nas propostas e promessas que tenho em mente.
E, de verdade, acho que até tentamos fazer tudo aquilo que planejamos, mas a comodidade, a correria do dia a dia, a “preguiça” e o cansaço fazem com que, às vezes, deixemos tudo isso de lado e fiquemos em casa mesmo.
Mas o que é pior: trocamos as belas promessas e ficamos em casa no celular. Absortos neste aparelhinho que nos viciou de uma tal maneira que temos que repensar. Ou pelo menos eu, tenho.

Às vezes penso (ou sempre penso) se o motivo do meu esquecimento não é o uso do celular. Antes de aparecer essa “belezinha”, eu sabia todos os números de telefone, todas as placas de carro de conhecidos, até os CNPJs (que eram CGCs) das empresas para as quais a empresa do meu trabalhava. E sem precisar me esforçar. Falava de trás para frente se quisesse.

Depois que passei a usar o celular, nem o telefone dos meus pais eu sei de cor. Vergonha!!! Tenho vergonha de dizer isso, mas é verdade!
Bom, mas o tema é outro.

As promessas para 2019. São essas mesmo. Vou tentar melhorar como pessoa. Até comecei visitando um asilo. E isto para mim é muito difícil.

Tenho uma baita dificuldade em estar ao lado de idosos sofrendo sem chorar. E fiz este exercício. Passei uma manhã conversando com eles e ouvindo suas histórias. Como eles gostam de contar suas aventuras. Seus olhos brilham quando percebem que estamos prestando atenção. Adorei!

Já a programação para 2019 está sendo elaborada. Tanto a do meu trabalho quanto a da minha vida pessoal. Mas o importante mesmo é estar sempre ao lado de pessoas especiais, que amamos e que se sentem bem ao nosso lado.

Hoje li um post muito bom que dizia assim: “O segredo é rodear-se de pessoas que te façam sorrir o coração. E então, e só então, você estará no país das maravilhas.”

Feliz 2019 a todos!
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Clube da Feijoada: Diogo Nogueira faz a temperatura subir

Cantor fez um show incrível, cheio de sambas clássicos que todo mundo cantou junto… e dançou muito

Negritude Junior faz show no lançamento de nova coleção Di Fiori

É nesta quarta-feira, a partir das 16 horas, na loja da Chácara Urbana

Livre trajetória

Por Valquíria Malagoli

La Bella Arte dança a beleza de Jundiaí no sábado

“Ó Terra Querida Jundiahy” vai homenagear, entre outros, o talento de Inos Corradin
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.