Jundiaqui
Jundiaqui

Élvio Santiago, um mestre das artes

Jundiaqui
20 de julho de 2020
São mais de 60 anos e milhares de gravuras que espalham vida, cor e alegria mundo afora

Elvio Santiago já produziu cerca de dois mil óleos ao longo de mais de 60 anos, sem contar gravuras, desenhos para livros e muito mais. Nem o novo coronavírus escapou de suas pinceladas (relembre aqui), que começaram ainda em Bragança Paulista com a obra "Outono", que data de 1954. O professor de gerações trocou Bragança por Jundiaí e aqui foi coroado mestre das artes.

"Duas mil telas a óleo parecem muito, não?! Tem quem fez isso em um ano, por isso nem penso em parar ainda", avisa o octagenário que "ganhou novas rotas rumo ao coração" há alguns meses.

Sua obra está presente nos Estados Unidos, em Portugal, na Espanha, na França e tantos outros países, assim como em grande parte do Brasil. Formado em Desenho e  Artes Plásticas, em Educação Artística e em Pedagogia, Elvio Santiago soma mais de 300 exposições também.

Jundiaqui
Você vai
gostar de

Emprego é a palavra mais usada pelos políticos

Um consenso é que a concessão dos aeroportos tem que gerar mais postos de trabalho 

No Natura a música desce redondo

Tom Nando, Renato Viana, Telma Costa, Mil Taroba… grandes músicos se revezam no microfone

Afro Kekerê ensina percussão para a garotada

Oficina é neste sábado no Complexo Fepasa com Bocudo Faria e Mael

Fevereiro tem 5 mortes em dois dias, algo que não acontecia desde julho

Total dentro da pandemia é de 563 óbitos; novos casos aumentaram em 171 em 24 horas
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.