Jundiaqui
Jundiaqui

À espera de um golpe

Jundiaqui
26 de julho de 2021
Por Diógenes Augusto Archanjo da Silva, o Dr Didi

"Vivemos dias estranhos". Disse Marco Aurélio Mello, ao despedir-se do STF.

As noites insones, que me prejudicam a saúde, são consumidas por pensamentos terríveis, à espera de um golpe.

As ameaças rondam nossa frágil democracia.

Dia sim, dia também, nos chegam notícias de que alguém com alto poder de fogo insinua com a não-eleição em 2022, caso não haja o voto impresso. Mera desculpa para o golpe que se pretende.

O "Messias" nunca escondeu suas pretensões de uma vingança pessoal. Durante toda sua trajetória e campanha, só não viu quem o comprou pelo valor de face.

Ao ser indagado, Braga Netto e Arthur Lira desconversaram.

Tudo tem método e a nossa sociedade civil desorganizada a tudo assiste, impassível, sem dispor de freios e contrapesos.

Depois será sempre muito tarde.
Jundiaqui
Você vai
gostar de

Crônica da Cozinha – Barato com muito valor (Segunda Parte)

Chef Manuel Alves Filho

Em meio a pandemia, torcida se aglomera em ‘encontro de arrancada’

Diversos modelos Porsche e outros importados atraíram multidão ao Lago Azul

A (des)construção da educação na pandemia

Por Lucia Helena Andrade Gomes

Agora a Coopercica te manda as ofertas do dia pelo WhatsApp

Você se inscreve pelo 95656-5108 e vai saber de todas as promoções pelo celular
Jundiaqui
Artigos assinados não representam a opinião do site. Esse conteúdo é de responsabilidade exclusiva de seu autor.